Projetando sonhos em realidades

A Arquitetura e o Urbanismo como ferramenta para a melhoria da vida das pessoas.

8392

Quem nunca sonhou com a casa própria planejada nos mínimos detalhes? Mas fazer o que é sonho se tornar realidade sem frustrações não é uma tarefa fácil. Somente profissionais qualificados e graduados na área são capazes de garantir que tudo saia conforme o esperado, seja em uma reforma ou construção nova.

O reconhecimento da profissão é demonstrado por meio do crescimento do setor constatado nos últimos anos. Segundo levantamento do Anuário de Arquitetura e Urbanismo de 2019, desenvolvido pelo Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil (CAU-BR), o setor teve crescimento de 5,4% em 2018, com mais de 1,5 milhão de serviços realizados por arquitetos e urbanistas em todo o Brasil.

        Outra pesquisa, desenvolvida pelo CAU-BR em parceria com o Instituto Datafolha, em 2019, descobriu que a maioria dos arquitetos e urbanistas do Brasil são jovens, com média de 38 anos, em sua maioria mulheres (64%) e profissionais liberais e autônomos (55%).

Entre as principais atividades realizadas pelos arquitetos e urbanistas, o levantamento identificou em primeiro lugar os projetos de arquitetura (87%), arquitetura de interiores (68%), e execução de obras (64%). Outras atividades realizadas nos últimos dois anos foram Projetos Complementares (49%), Gestão e Consultoria (30%), Paisagismo (28%) e Serviço Público (23%).

         A arquiteta chapecoense Lia Herrmann é prova desses números. Desde que iniciou os trabalhos como empresária da área, viveu os altos e baixos da profissão.

    CONHEÇA A HISTÓRIA DE SUCESSO DE LIA HERRMANN

 

       O ano era 2015, o país enfrentava uma severa crise econômica, muitas empresas fechavam suas portas e o que parecia ser ruim se tornou uma oportunidade de crescimento profissional para a arquiteta chapecoense Lia Herrmann. Após a construtora que Lia trabalhava fechar o setor de projetos em que ela atuava, a na época recém-formada em Arquitetura e Urbanismo deu um passo, que mais tarde se tornaria o mais importante de sua carreira profissional. Em 2015, Lia Herrmann se desafiou a abrir seu próprio negócio: o tão sonhado escritório de Arquitetura.

       Os primeiros anos, conforme relembra a arquiteta, foram de muitas adaptações e desafios. Lia, com o incentivo dos pais, abriu as portas junto com dois colegas na área de Engenharia. Após um período, a vida os levou para caminhos diferentes e, novamente, Lia precisou se desafiar. “Foi quando surgiu um ‘anjo da guarda’ que me convidou para trabalhar com o escritório em parceria com uma incorporadora, onde permaneci por um ano e meio, período de muitas experiências e aprendizados”, conta.

       Cinco anos depois de dar o primeiro passo como empreendedora, Lia colhe os frutos da coragem e do amor pela profissão. Atualmente conta com mais de 300 projetos desenvolvidos em diferentes estados /do Brasil, além de dois projetos no exterior. Em 2018 o escritório passou a ser visto com outros olhos pela sociedade. Segundo Lia, a Casa Cor daquele ano mudou o rumo do escritório trazendo ainda mais valorização ao trabalho desenvolvido.

       O escritório cresceu e junto com ele a equipe de trabalho, que hoje conta com cinco pessoas entre arquitetas e estudantes de Arquitetura e Urbanismo. “Neste ano tivemos a grata surpresa de sermos mencionados entre os 100 mais influentes escritório de Arquitetura de Santa Catarina, o que nos fortaleceu ainda mais como marca. Os objetivos são continuar expandindo a atuação tanto em Santa Catarina, como no Brasil e no mundo. Tudo isso com muito amor, um dos principais ingredientes de nossos projetos”, finaliza Lia.

Flavia Mota