PSB e PDT fazem reunião visando possível aliança nas eleições municipais em Chapecó

9881

O Partido Socialista Brasileiro (PSB) e o Partido Democrático Trabalhista (PDT) promoveram reunião, nesta quinta-feira (21), para debater pautas atuais da política brasileira, visando uma possível aliança entre as siglas para a disputa das eleições municipais em Chapecó, a exemplo do que já acontece nacionalmente entre os partidos.

A reunião foi coordenada pelo presidente do PSB de Santa Catarina e pré-candidato a prefeito de Chapecó pelo partido Claudio Vignatti, e contou com a participação do presidente do PSB Chapecó Auri Casalli, o presidente do PDT Chapecó Valmor Cozer, os vereadores de Chapecó Marcilei Vignatti (PSB) e Jatir Balbinot (PDT), o secretário geral do PDT Chapecó Lidiomar Bianchet e os membros da diretoria do PSB Chapecó Luiz Augusto Gemelli e Lísia Regina Ferreira.

Segundo Vignatti, a intenção é unir forças para que, em conjunto, seja desenvolvido um projeto benéfico e que resulte em crescimento sustentável para Chapecó. “Queremos abrir debate com todos os setores, a fim de realmente oferecer à sociedade chapecoense uma proposta consistente e pautada em resultados eficientes com foco no desenvolvimento do município”, ressalta.

Entre as pautas abordadas na reunião, Vignatti citou o possível adiamento das eleições para os meses de novembro ou dezembro e o ato nacional “Janelas pela Democracia: Impeachment Já”, liderado pelo PSB e PDT Nacional com o apoio de demais partidos que apoiam a retirada de Jair Bolsonaro da presidência.