CHAPECÓ

    Quatro frigoríficos catarinenses podem exportar carne suína para Coreia do Sul

    31

    Estado – Santa Catarina é o primeiro e único estado do Brasil habilitado a exportar carne suína para Coreia do Sul. Os investimentos maciços em defesa agropecuária fazem do estado uma ilha de sanidade no país, abrindo as portas dos mercados mais exigentes do mundo para os produtos catarinenses.  Inicialmente, quatro plantas estão autorizadas a vender o produto: Aurora Alimentos, Pamplona Alimentos, BRF de Campos Novos e JBS de Seara. A expectativa do setor é de que o estado exporte  30 mil toneladas de carne suína por ano.

    Segundo o secretário de Estado da Agricultura e da Pesca, Airton Spies, as perspectivas de negócios são muito boas e podem trazer um aumento na produção e na renda dos produtores e agroindústrias catarinenses. “O grande desafio será fechar negócios com lucratividade, já que a Coreia do Sul impõe uma taxa de 25% nas importações. Agora está na mão do mercado, pois todas as etapas de regulamentação governamental já foram vencidas”, ressalta.

    As negociações para exportar carne suína para a Coreia do Sul acontecem há mais de dez anos e o status sanitário diferenciado de Santa Catarina teve um papel fundamental nesse processo. Airton Spies destaca que as exportações para esses mercados mais competitivos, como Japão e Coreia do Sul, demonstram a qualidade dos produtos catarinenses e mostram que o status sanitário diferenciado traz resultados efetivos para a economia do estado.

    Secured By miniOrange