CHAPECÓ
Destaques Rapaz vai até a casa da mãe e a ameaça de morte...

Rapaz vai até a casa da mãe e a ameaça de morte em Pinhalzinho

8474

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Polícia de Pinhalzinho, indiciou na última sexta-feira, 17, autor de roubo ocorrido neste município.
O crime aconteceu na tarde de 13/07/2020 no Bairro Nova Divineia em Pinhalzinho/SC, quando um jovem de 19 anos anunciou assalto em um mercado, momento em que estavam no estabelecimento apenas ele o proprietário.
O autor, que estava desarmado, ameaçou de morte o dono do mercado e subtraiu R$250,00 em espécie, evadindo-se do local.
Na noite de 13/07, por volta de 23h00min, o assaltante se apresentou à Polícia Militar em Nova Erechim, admitindo que havia praticado o delito e que estaria arrependido.
Diante disso, foi instaurado inquérito policial para apurar o ocorrido, ficando demonstrado ao final que o crime de fato aconteceu, o que resultou no indiciamento do autor pelo crime de roubo.
Durante seu interrogatório perante o Delegado na última sexta-feira, ele não só admitiu o crime em questão como outros que teria praticado em Maravilha (onde reside com o pai).
Em razão da gravidade do crime e evidente reiteração demonstrada, a PC pediu a prisão preventiva do indiciado ainda naquela sexta-feira, o que teve manifestação favorável do Ministério Público. Porém o pedido foi negado pelo Poder Judiciário, que decretou a ele outras medidas cautelares diversas da prisão.
Ocorre que na madrugada da última terça-feira, 21, ele foi abordado no Centro de Pinhalzinho pela PM, por volta de 2h00min, portando duas buchas de maconha, além de uma faca e uma toca (balaclava) e um triturador de maconha.
Diante disso, o Ministério Público pediu ao Poder Judiciário reconsideração da decisão anterior (que negou a prisão preventiva), o que foi novamente indeferido. Segundo a decisão, proferida na tarde de ontem, “o incremento de outras medidas cautelares diversas à prisão, por ora, mostram-se efetivas e suficientes, a fim de proibir que o acusado circule pela cidade no período noturno, dificultando a ação preventiva da autoridade policial”.
Na manhã de hoje o indiciado novamente praticou crime, quando foi flagrado pela PM. Desta vez, ele foi até a residência de sua mãe, em Pinhalzinho, e a ameaçou (descumprindo medidas protetivas de urgência contra ele e a favor dela). Segundo ela declarou ao Delegado na DP, ele disse que, se tivesse uma arma de fogo, mataria ela. De acordo com a ofendida, ela não tem mais conseguido dormir. Na mesma ocasião, ele ameaçou dar um “faconaço” no companheiro da genitora.
“Colabore com a Polícia Civil. Denuncie! Disque 181.”

Secured By miniOrange