CHAPECÓ
Plantão Policial Réu é condenado a 15 anos em Pinhalzinho

Réu é condenado a 15 anos em Pinhalzinho

8439

Em sessão do Tribunal do Júri da Comarca de Pinhalzinho/SC, foi julgado o réu Gervásio Schwaab,  acusado de homicídio qualificado, pois, na madrugada do dia 29 de dezembro de 2018, matou a vítima Adenir José Jung com sete golpes de arma branca (faca), no bairro São José, neste Município de Pinhalzinho/SC.

O crime foi praticado por motivo fútil, uma vez que o réu assim agiu em razão de sentimentos de ciúme e possessividade, por não ter aceitado o término de seu relacionamento com a ex-esposa J.F.A., que, na época dos fatos, estava namorando com a vítima. Além disso, o réu fez uso de recurso que dificultou a defesa de Adenir José Jung, pois este foi surpreendido em um estreito corredor que dava acesso ao edifício onde morava a namorada, em verdadeira emboscada, quando, então, a vítima, ao sair do prédio, desarmada e sem possibilidade de fuga, foi executada.

Após a realização dos debates entre a acusação e a defesa, o Conselho de Sentença acolheu as teses do Promotor de Justiça Douglas Dellazari e, por consequência, condenou o réu Gervásio Schwaab por homicídio “duplamente” qualificado (artigo 121, § 2º, incisos II e IV, do Código Penal).

Com a decisão do Conselho de Sentença, que é soberana segundo a Constituição Federal, coube à magistrada Janaína Alexandre Linsmeyer Berbigier, ao final, fixar a pena do réu Gervásio Schwaab em 15 (quinze) anos de reclusão, em regime inicial fechado. O réu pode recorrer da decisão, mas continuará preso preventivamente.