Saúde de Pinhalzinho não repassará nomes dos moradores infectados

9390

A Vigilância Epidemiológica de Pinhalzinho esclarece o motivo de não apresentar os nomes das pessoas testadas com Covid-19.

O município segue o protocolo de divulgação de casos de doenças endêmicas através de Boletim técnico, entretanto, não tem a obrigação de publicar dados pessoais de pacientes em investigação, suspeitos, confirmados e descartados, pois segue os princípios da Lei Geral de Proteção de Dados.

Com isso, a Saúde não repassa informações específicas dos moradores que foram contaminados. Ou seja, somente a pessoa positivada como o vírus tem a opção de divulgar ou não o resultado do seu exame. Como, enfatiza a enfermeira Ivanete Althaus.

Transmissão comunitária

A profissional também comentou sobre a situação de transmissão comunitária do vírus entre a população – um paciente infectado que não esteve nos países com registro da doença transmite para outra pessoa, que também não viajou.