CHAPECÓ
Notícias Senador Dário Berger se filia ao PSB Catarinense

Senador Dário Berger se filia ao PSB Catarinense

8815

O Senador Dário Berger e o Ex Governador de São Paulo Geraldo Alckmin assinaram suas filiações ao PSB, em grande solenidade ocorrida na manhã de hoje, 23, na Fundação João Mangabeira em Brasília. Além deles outras importantes figuras da política brasileira também se filiaram ao partido, foram mais 15 pessoas, inclusive o vice-governador do Maranhão, Carlos Brandão, que saiu do PSDB. O evento foi prestigiado por presidentes, políticos e lideranças de diversas siglas partidárias.
Claudio Vignatti, presidente estadual do PSB e pré candidato a Deputado Federal, abonou a filiação de Dário e afirmou que está muito feliz e que as filiações encheram os corações de todos os militantes do nosso partido de alegria. “As pessoas querem construir a esperança de uma vida diferente, de uma vida melhor, uma oportunidade de um governo que olhe de forma diferente para as pessoas mais simples mais humildes, que olha para nossa Santa Catarina e construa um projeto com a cara da diversidade que Santa Catarina tem”.
As filiações de Berger e Alckmin sintetizam o sentimento de esperança na consolidação de uma frente democrática liderada nacionalmente pelo presidente Lula. Dário, que foi o melhor prefeito do Brasil à frente da capital dos catarinenses e que também governou São José, a quarta maior cidade do estado, soma ao seu vasto currículo a relatoria do Sistema Nacional de Educação, o SUS da Educação, uma enorme conquista para as novas gerações de brasileiras e brasileiros. É um quadro desse quilate que o PSB apresentará ao conjunto dos partidos do nosso campo e à sociedade catarinense.
Vignatti enfatizou também que Dário vem para liderar de fato a frente democrática em SC, para reestabelecer a democracia no Brasil junto com o Geraldo Alckmin. “Vamos construir juntando todo mundo que pensa diferente, um projeto com diálogo e conteúdo, e nesse momento o PSB vai liderar esse processo para aglutinação das forças democráticas, com a oportunidade da gente governar SC com Dário Berger”.