CHAPECÓ
Destaques Serial killer que matou professor em Abelardo Luz é condenado a 30...

Serial killer que matou professor em Abelardo Luz é condenado a 30 anos de reclusão

8390
A Polícia Civil de Abelardo Luz/SC, coordenada pelo Delegado Marcelo Teske, realizou diversas investigações que culminaram na prisão e condenação de um serial Killer. José Tiago Correa Soroka foi condenado a 30 anos de reclusão pela prática de latrocínio qualificado.
Relembre o caso
Na data de 16 de abril de 2021, na cidade de Abelardo Luz, a Polícia Civil tomou conhecimento sobre o encontro de um corpo de um jovem em sua residência com sinais de estrangulamento.
Após incansáveis diligências realizadas pela equipe de investigação foi possível identificar a autoria do crime como sendo de um rapaz da cidade de Curitiba/PR.
Após a identificação e levantamentos foi decretada a prisão preventiva do suspeito e a equipe deslocou-se até a cidade de Curitiba/PR no sentido de localizar e dar cumprimento ao referido mandado. Ocorre que nesse período foram descobertos mais três crimes muito similares ocorridos na cidade de Curitiba, sendo assim, pelo modus operandi empregado pelo criminoso foi possível constatar tratar-se da mesma pessoa que praticou o crime contra o professor universitário Robson Paim, na cidade de Abelardo Luz.
Juntamente com a Delegacia de Homicídios de Curitiba/PR foi possível, após diversos monitoramentos encontrar e realizar a prisão do “serial killer” José Tiago Correa Soroka. À época, os crimes chamaram a atenção da mídia nacional, principalmente pelas vítimas do serial killer tratarem-se exclusivamente de homossexuais, o que causou terror na comunidade principalmente da cidade de Curitiba/PR.
Fonte: Polícia Civil
Secured By miniOrange