Superação de limites e mais qualidade de vida

Etapa de Chapecó do Corridas Unimed reúne mais de 900 atletas

9819
????????????????????????????????????

Auxiliar na redução da gordura corporal, diminuir o colesterol ruim e aumentar o bom, regular a pressão arterial e contribuir no controle da diabetes, além de melhorar o humor e a autoestima e reduzir a ansiedade e o stress. Esses são alguns dos benefícios da prática regular de exercícios físicos.

Com o objetivo de conscientizar as pessoas sobre a importância de priorizar a qualidade de vida e adotar a saúde como prioridade na rotina diária foi realizado no último domingo (8) a etapa de Chapecó das Corridas Unimed (Circuito Santa Catarina). Participaram mais de 900 atletas profissionais e amadores nos trajetos de cinco quilômetros, dez quilômetros e meia maratona (21 quilômetros).

O 1º lugar na categoria meia maratona masculino foi do atleta Adilson Dolberth, de 35 anos, que completou a prova em aproximadamente 1h11min, reduzindo o tempo das etapas anteriores que participou no município. “A corrida é uma paixão de infância, iniciei aos 12 anos, e é uma atividade física que nos deixa muito bem, melhor do que antidepressivo”, analisou.

Na modalidade feminina, o 1º lugar na categoria meia maratona foi da atleta Elisangela Ferreira de Oliveira de 36 anos, que corre há 18 anos e concluiu a prova em aproximadamente 1h25min, também com redução do tempo conquistado em 2017. “A corrida é um estilo de vida e apenas quem pratica essa modalidade consegue definir o que representa, pois é persistência e superação total. Vamos além dos nossos limites”, argumentou. Elisangela iniciou na corrida para o controle do peso e atualmente atua como personal trainer e é proprietária de uma assessoria esportiva. “Motivamos as pessoas, independente, do ritmo que venham a desempenhar sobre a importância da atividade física”, complementou.

 Pelo prazer e pelo bem-estar o administrador de empresa Cícero Luiz Pompeo de 63 anos, corre há 43 anos, e na etapa de Chapecó participou na categoria de 5 km. “Corro no mínimo cinco vezes por semana, cuido de minha alimentação e nunca me lesionei. A corrida é uma satisfação pessoal e representa a superação de dificuldades, além de fortalecer o caráter porque te obriga a ter disciplina”, afirmou.

O barbeiro Almiro Souza de 72 anos começou a correr há seis anos motivado pela filha. No início foi pelo companheirismo, mas logo percebeu a melhoria na saúde, na respiração e no fortalecimento muscular. “Atualmente, corro duas vezes por semana, gosto desse exercício porque é um ótimo passatempo. Me sinto bem, durmo melhor e não tenho nenhum problema de saúde”, destacou ao comentar que também participou de corridas na região.

Pela filha Lívia Cristine de seis anos, com paralisia cerebral, o escritor Vilker Martins de 45 anos, se desafiou a participar da corrida solidária atletas sobre rodas. “Foi nossa primeira participação, não praticava atividade física há uns bons anos e foi muito emocionante. Em alguns momentos achei que não conseguiria, mas por ela fomos até o fim. Minha filha não anda e não se comunica, mas posso dizer que correu 5 km, isso é inclusão total, demonstra que ela pode fazer tudo, representa amor e dignidade”, enfatizou.

O organizador da corrida solidária atletas sobre rodas, Israel Ferreira, comemora a ampliação da participação neste ano, com o comprometimento de 11 atletas. “Nossa intenção é promover a inclusão social, por isso atletas e pais se entregam completamente no percurso, com determinação, força e coragem para finalizar a prova”, destacou.

De acordo com o coordenador do Programa de Medicina Preventiva da Unimed Chapecó (Univida), o cardiologista Dr. Edson Stakonski, essa edição foi importante e consolida esse evento esportivo. “Fomos pioneiros na modalidade de meia maratona no Estado e neste ano também introduzimos a Dog Run em que o corredor participa com seu pet em um percurso de dois quilômetros. Estamos felizes com os resultados da corrida, que aliados a campanha Mude 1 Hábito e ao Projeto Mova-se incentiva às pessoas a fazerem atividades físicas porque o propósito é promover qualidade de vida. A Unimed Chapecó trabalha em prol da promoção da saúde e para que seus clientes não adoeçam”, enfatizou.

PROJETO MOVA-SE

A Unimed Chapecó lançou durante o evento esportivo o Projeto Mova-se, desenvolvido especialmente para incentivar a prática de corridas ao ar livre. Os interessados participarão de treinos nas terças e quintas-feiras das 18h30 às 20 horas e aos sábados das 8 horas às 9h30, no Eco Parque, em Chapecó. Para participar é necessário realizar a inscrição pelo link https://saude.unimedchapeco.coop.br/mova-se.

Segundo o diretor de marketing e relacionamento, cirurgião torácico Dr. Rovani Camargo, o projeto iniciou a partir de um grupo de corrida da cooperativa médica que integra aproximadamente 30 participantes, entre colaboradores e médicos. “A prática da atividade física requer orientação de um profissional especializado, assim a partir da corrida e a interação social queremos incentivar hábitos de qualidade de vida saudável”, comentou.

RESULTADOS

A classificação de cada atleta está disponível no site chiptiming.com.br. 

PROMOÇÃO

A organização do evento esportivo foi do Programa de Medicina Preventiva (Univida) e Marketing da Unimed Chapecó. Os patrocinadores foram: Seguros Unimed, Unicred, Benevix. O apoio é do Shopping Pátio Chapecó, da Renovigi, da Aurora Alimentos e do Cinepró Estúdio.