CHAPECÓ

    TUNÁPOLIS – Polícia Militar alerta sobre tentativas de golpe do esquema de pirâmide

    7

    O alerta na página do Facebook da Polícia Militar de Tunápolis surgiu a partir do relato de uma pessoa que procurou a PM de Tunápolis para informar o recebimento de uma promessa de retorno financeiro através do esquema.

    Segundo o comandante da Polícia Militar de Tunápolis, sargento Milton Wolf, o esquema de pirâmide também é identificado como esquema de mandala, rede, giro solidário, e todos são considerados crimes.

    O sargento explica que o esquema consiste no investimento de um valor em dinheiro, com promessa de retorno rápido e lucro. O problema é que esse sistema não se sustenta, e uma hora chega ao fim gerando várias vítimas.

    Sargento Milton Wolf lembra que o prejuízo para cada vítima varia de acordo com o investimento feito.

    Além do prejuízo, o sargento reforça que a pessoa que ajudar a divulgar o esquema também pode responder pelo crime contra a economia popular e por estelionato.

    A lei que trata sobre os crimes contra a economia popular define uma pena com detenção de seis meses a dois anos e multa. Se for configurado estelionato a pena é reclusão de um a cinco anos, além do pagamento de multa.

    O sargento Milton Wolf comenta que a Policia Civil é o órgão responsável por fazer o registro e a investigação do fato, a partir do Boletim de Ocorrência para responsabilizar os envolvidos e evitar novas vítimas. O simples fato de receber o convite para o esquema já caracteriza o crime.

    O comandante reforça que a Polícia Militar de Tunápolis tem atuado de forma preventiva nestes casos, a exemplo da orientação publicada na página do Facebook da PM.
    Fonte:Peperi

    Secured By miniOrange