CHAPECÓ

    Venda de peixe na Quaresma ultrapassa expectativas

    34

    A Administração Municipal de Chapecó, através da Secretaria de Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente divulgou os dados da venda de peixe durante a Quaresma. Ao todo, foram comercializados 55 toneladas de peixe, cinco a mais do que era o esperado. A venda ocorreu em 20 pontos diferentes no município.

    De acordo com o secretário de Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente, Valdir Crestani, o crescimento das vendas deve-se ao empenho dos produtores e a qualidade do produto oferecido. “Este ano as vendas surpreenderam e sem dúvidas o que foi determinante para isso foram os peixes de qualidade e de grande porte comercializados. Encerramos mais uma edição da Feira do Peixe Vivo com os produtores e consumidores satisfeitos”, destaca.

    A exigência sanitária e de segurança alimentar era que o peixe fosse fresco, algo que foi cumprido pelos produtores. As principais espécies disponíveis foram carpa e a tilápia. O valor do quilo ficou estipulado em R$ 10,00, variando de acordo com o tamanho e a espécie escolhida. Somente em dois pontos de venda, foram comercializados 27 toneladas de peixe, o que mostra o fortalecimento desta cadeia produtiva no nosso Município.

    A Secretaria de Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente é a articuladora do Projeto das Feiras Livres no município e proporciona o suporte técnico e a infraestrutura necessários para que o agricultor tenha condições de comercializar a produção. E para a Feira do Peixe Vivo do próximo ano o Secretário afirma que não será diferente. “Nesta edição tivemos alguns piscicultores que comercializaram peixes diretamente nas suas propriedades. Por isso, decidimos que para o ano que vem vamos manter pontos de venda nas propriedades, assim o consumidor acompanha o processo de despesca de perto e também adquire um produto com valor reduzido se comparado ao comercializado na área central da cidade”, conta o Secretário.

    Secured By miniOrange