CHAPECÓ
Geral Vereadora Marcilei Vignatti apresenta as ações e resultados de 2021

Vereadora Marcilei Vignatti apresenta as ações e resultados de 2021

8709

No trabalho Legislativo de 2021, a vereadora Marcilei Vignatti (PSB) ressalta a articulação de ações voltadas à saúde, mulheres, educação, infraestrutura, mobilidade e economia. Entre os destaques está o movimento que lidera para a implantação do Centro de Reabilitação Físico e Intelectual de Chapecó e para conclusão do Residencial Villa Verde – SPA da Terceira Idade. Neste ano apresentou 157 proposições entre projetos de lei, indicações, moções e requerimentos.

A vereadora esteve à frente de importantes debates como líder da Bancada Feminina, presidente da Comissão Especial voltada às microempresas e microempreendedores individuais, membro titular do Comitê de Enfrentamento à Covid 19, membro Pró-Água, integrante da Comissão Especial de Proteção e Defesa Animal e vice-presidente da Comissão de Finanças e Orçamento.

Entre as conquistas deste ano ressalta as ações na defesa para que o Centro de Reabilitação Físico e Intelectual de Chapecó fosse colocado como prioridade. A vereadora fez Reunião de Trabalho com a presença do secretário de Estado da Saúde, André Motta Ribeiro; visitou o Centro Catarinense de Reabilitação Físico em Florianópolis; buscou apoio da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa e articulou apoio com Bancada do Oeste. “Recebemos o retorno que esse pleito já está no Ministério da Saúde, sendo a Região de Chapecó elencada como prioridade 01, agora a gestão municipal precisa avançar no processo de cadastramento”, afirma Marcilei ao citar o parecer 21/21 da Secretaria de Estado da Saúde.

Na coordenação da Bancada Feminina, Marcilei Vignatti soma forças com as vereadoras para defesa e promoção dos direitos das mulheres. Foi implantado o Projeto “Mulheres de Chapecó e a cidade que queremos” – Evento temático Mensal da Bancada com três convidadas que compartilharam as experiências na educação, empreendedorismo feminino, saúde da mulher e enfrentamento à violência contra a mulher. A Bancada também trabalhou na articulação por melhorias na Delegacia de Proteção à Criança, Adolescente, Mulher e Idoso (DPCAMI) e está engajada no Projeto Espaço Catarina: Centro Integrado de Acolhimento e Proteção à Mulher de Chapecó, a articulação da Bancada Feminina da Câmara de Chapecó garantiu R$ 500 mil para esse projeto, por meio de emendas da Bancada Feminina da Assembleia Legislativa de Santa Catarina.

Na área da Educação, a vereadora deu continuidade ao projeto “Vereadora na Escola”, com a fiscalização nas escolas sobre os Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), sistema híbrido de ensino e infraestrutura. Também promoveu debate sobre a segurança nas escolas.

Como presidente da Comissão Especial voltada às microempresas e microempreendedores individuais estimulou e se dedicou a buscar caminhos para minimizar os impactos que a Pandemia provocou aos pequenos negócios. A comissão foi formada pelo vereador André Kovaleski (vice-presidente) e vereador Mauro Zandavalli (relator). O relatório final foi entregue em 14 de dezembro. “Neste período realizamos intenso trabalho de articulações junto ao Poder Executivo estadual e municipal, monitorando a tomada de decisões e realizando visitas a diversos órgãos e entidades. Também defendemos a criação de um Fundo Garantidor para atender os empreendedores que necessitam de crédito. Essa concessão depende de um parecer do Tribunal de Contas do Estado – que está em tramitação”, destaca Marcilei.

O projeto Vereadora no Ônibus teve sequência, Marcilei fiscalizou a qualidade do transporte coletivo no Terminal Urbano, Linha da Efapi e abrigos de ônibus no Bairro São Pedro. No trabalho de fiscalização das obras de mobilidade urbana, a vereadora pediu mais

informações sobre o Contorno Viário do Extremo Oeste e defendeu planejamento a longo prazo, já que no projeto não foi prevista duplicação.

Na área da infraestrutura também defendeu água para o interior, pediu diagnóstico da situação do abastecimento de água no interior e intermediou pedidos das comunidades, entre elas da Linha Quadros, que recebeu um poço Caxambu. Defendeu melhorias nas estradas vicinais. “Foi um ano de muito trabalho, mas de significativos resultados”, avalia a vereadora.