CHAPECÓ
Início Geral Vice-presidente e executivo da Acislo participam de missão na Alemanha

Vice-presidente e executivo da Acislo participam de missão na Alemanha

9487

Representando a Associação Empresarial de São Lourenço do Oeste (Acislo) vice-presidente e gerente executivo, Deni Luciano Boito e Gilberto Wohlfarth Junior, respectivamente, integraram a delegação catarinense que participou, de 14 a 24 de março, de uma missão na Alemanha. Durante a agenda, que foi organizada pela Fundação Empreender, a comitiva visitou, entre outros lugares, a Câmara de Artes e Ofícios de Munique e Alta Baviera e a Feira IHM – feira internacional de ofícios que reúne num único espaço mais de 37 nações.

De acordo com Boito, a missão buscou fortalecer e resgatar os laços entre as duas entidades, permitir que a delegação conhecesse algumas rotinas de trabalho e a feira que é realizada desde a época da Segunda Guerra. “Diferente de quando você viaja de férias, o nosso propósito era conhecer o dia a dia deles. Foi uma imersão na cultura empresarial”, resume afirmando que a experiência foi positiva.

Embora a agenda tenha sido cheia, o vice-presidente da Acislo destaca a participação na Feira IHM que é organizada pela Câmara de Artes e Ofícios de Munique e Alta Baviera. “São mais de mil expositores de 37 nações e de todos os tamanhos. Em uma semana de feira circulam mais de 120 mil pessoas”. Segundo Boito, com essa experiência a ideia é formar uma comitiva de São Lourenço do Oeste para visitar o evento em 2020. “Esse é o foco número um”.

Fora isso, enquanto projeto da Fundação Empreender, a delegação vai fazer um fechamento da missão no dia 4 de abril onde deve discutir alguns pontos de interesse comum. Entre eles, o chamado centro de formação de mão de obra. “Como fomos atendidos pelo presidente da feira e os diretores desse centro de formação, ficou bem alinhado para que esse sistema seja implantado, em forma de projeto piloto, em Santa Catarina”, disse Boito lembrando que a implantação de projetos como o Programa de Gestão e Vivência Empresarial (PGVE) e Núcleos Setoriais são exemplos desse intercâmbio. “Dialogamos com o alto escalão da Câmara de Artes e Ofícios e, como eles sinalização positivamente para essa parceria, o próximo passo é fechar a missão e encaminhar uma carta de intenção a eles. É uma semente que já está plantada”, avalia.

Experiência

Enquanto empresário e vice-presidente da Acislo, Boito enxerga essa relação como uma oportunidade de desenvolver o empresariado catarinense. “Eles estão bastante evoluídos. Quando a gente percebe os pontos positivos deles e consegue adaptar para a nossa realidade, acho que os negócios avançam. No associativismo eles são exemplo para o mundo” observa.

Delegação

A delegação catarinense foi composta por 14 pessoas. Três representes da Fundação Empreender, sete executivos de associações e quatro empresários que integram diretorias. Toda a agenda foi organizada pela Fundação Empreender, já que há 25 anos mantém relacionamento com a Câmara de Artes e Ofícios da Munique e Alta Baviera.